Pesquisar no Abadia em foco

04/10/2018

MP Eleitoral apreende R$ 4 mil em operação contra compra de votos em Acreúna

Na mesma residência, que aparece no vídeo, foi encontrado algo próximo a um comitê eleitoral, com materiais de campanha de dois candidatos a deputado estadual e federal.
A assessoria de imprensa do MP Eleitoral informou que não vai divulgar os nomes dos candidatos para não comprometer as investigações (Foto: Reprodução)
O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) de Goiás apreendeu R$ 4 mil durante uma operação para apurar denúncia de compra de votos em Acreúna. As buscas e apreensões também ocorreram no distrito de Arantina, na manhã desta quinta-feira (4). Na mesma residência, que aparece no vídeo abaixo, foi encontrado algo próximo a um comitê eleitoral, com materiais de campanha dos dois candidatos a deputado estadual e federal.
Também foram encontradas munições na casa de um dos suspeitos, preso em flagrante por não ter autorização para posse do material. A assessoria de imprensa do MP Eleitoral informou que não vai divulgar os nomes para não comprometer as investigações. A ação é comandada pelo promotor eleitoral Sandro Halfeld Barros, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Acreúna. E contou com a participação de três equipes, além do auxílio do delegado Daniel Gustavo Gonçalves de Moura e de agentes da Polícia Civil de Goiás.

A denúncia teria sido feita por uma vereadora de Acreúna. Segundo o MP, um vereador e pessoas ligadas aos partidos dos candidatos são acusados oferecer R$ 150 por voto. Após as eleições do próximo domingo (8), ainda havia a promessa de mais R$ 50. Eles faziam as ofertas em visitas às casas de moradores da cidade. Até o fechamento da notícia, o Mais Goiás não conseguiu contato com o procurador Sandro Halfed.

Bárbara Zaiden - Do Mais Goiás