Pesquisar no Abadia em foco

12/08/2018

Daniel defende renovação política e novo projeto de gestão em Goiás

Candidato do MDB e aliados cita gestões bem sucedidas em Aparecida e Senador Canedo
No primeiro ato público após a consolidação da chapa majoritária da Co­ligação Novas Ideias, Novo Goiás, as lideranças da oposição ao go­verno de Goiás afirmaram que a aliança com o MDB se deu pelo entendimento de que o atual gru­po político que governa Goiás se esgotou e chegou o momento de renovar a política estadual. Para os oradores no evento, realizado na noite de sexta-feira, em Aparecida de Goiânia, somente o candidato do MDB, Daniel Vilela, represen­ta o perfil de mudança verdadeira.

“Temos nestas eleições a opor­tunidade de promover, junto com Daniel, um novo momento para Goiás, no qual as expectativas dos eleitores sejam realizadas. O Goiás que queremos é um Goiás novo, jovem, diferente, que dê oportuni­dades para o trabalhador e atenda a quem precisa”, afirmou o depu­tado federal João Campos, presi­dente estadual do PRB.

Candidato ao Senado, o ex-pre­feito de Senador Canedo Vander­lan Cardoso (PP) lembrou que seu partido foi cortejado pelos outros candidatos, mas que o PP optou pela aliança com o MDB por cau­sa da consistência do projeto lide­rado por Daniel. “Poderíamos ter optado por apoiar quem está me­lhor nas pesquisas ou ficado com o governo, mas nós não acredita­mos nos projetos deles”, afirmou o progressista. “Nós acreditamos é no Daniel, que é quem tem o me­lhor projeto e está verdadeiramen­te preparado para governar Goiás”.

Candidato a vice-governador, o deputado federal Heuler Cruvinel (PP) disse que o propósito do gru­po é fazer com que o Estado ofere­ça as condições para o crescimento pessoal de todos os goianos. “Fomos procurados por todos os candidatos e ouvimos os projetos deles. Mas não há dúvidas: o projeto do Daniel, o nosso projeto, é muito melhor que o deles. É o projeto de um Estado efi­ciente, construído com muito diálo­go e perseverança”, afirmou Heuler.

“Tempos de crise são tempos de oportunidade. Hoje estamos vendo o surgimento de novas lideranças para instituir em Goiás uma nova forma de governar”, afirmou o candidato ao Senado Agenor Mariano (MDB). Pri­meira-dama de Goiânia, a ex-depu­tada federal Iris Araújo lembrou que o MDB conseguiu operar em Apa­recida de Goiânia a maior transfor­mação administrativa da história re­cente do Estado e que vai levar este modelo para o governo do Estado.

“Está na hora de você, Daniel, como verdadeiro oposicionista que é, levantar a nossa bandeira e per­correr o caminho para retomar o progresso em Goiás”, pediu Iris Araú­jo. Participaram também do even­to o prefeito de Aparecida, Gusta­vo Mendanha, o vice-prefeito Veter Martins, o deputado estadual Jefer­son Rodrigues (PRB), candidato à reeleição, os candidatos a deputado estadual Max Menezes, Ozair José e Gleison Rocha, além do ex-vice-go­vernador Ademir Menezes.

NOVA POLÍTICA
Daniel Vilela disse em seu discur­so que a escolha de Aparecida para a apresentação da chapa majoritá­ria deve-se ao exemplo que a cida­de oferece para Goiás de que, com uma gestão responsável, é possível promover desenvolvimento. “Apa­recida era uma cidade dormitório e hoje é a maior referência de desen­volvimento de Goiás. Com o proje­to certo e disposição para trabalhar, é possível mudar a vida das pessoas para melhor. Um governo não pode se acomodar nas desculpas para ten­tar justificar seus erros, tem que enca­rar os problemas de frente e buscar as soluções”, afirmou Daniel Vilela.

O candidato a governador lem­brou que Vanderlan Cardoso con­seguiu realizar um trabalho seme­lhante em Senador Canedo, que era tida como uma cidade sem so­lução e se desenvolveu exponen­cialmente durante seus mandatos (2004 a 2010). “Nós sabemos re­solver problemas e oferecer qua­lidade de vida às pessoas”, sinteti­zou Daniel. Ao agradecer o apoio do PP, PRB e PHS ao projeto de oposição ao atual governo, ele lembrou que era mais fácil para esses partidos terem permanecido na base aliada, mas optaram por enfrentar a perseguição promo­vida pelo Palácio das Esmeraldas por uma convicção de que é ne­cessário mudar a política goiana.

“Estão todos vendo que este go­verno perdeu nos últimos anos a capacidade de inovar, de criar. São sempre as mesmas pessoas se re­vezando nos cargos de relevância dentro da gestão. O que precisamos agora é de sangue novo no governo, é de permitir que Goiás respire no­vos ares”, disse Daniel. “A nova políti­ca requer uma mudança de postura, de atitude. A nova política não com­pactua com a ineficiência, com a in­segurança, com os gastos supérfu­los. A nova política é mudança que defendemos”, concluiu.

“Não tem meio termo nem corpo mole: prefeitos e vices do PP apoiam integralmente Daniel”, garante Baldy
Daniel Vilela e Alexandre Baldy: MDB e PP unidos na campanha(FOTO:DIVULGAÇÃO)

Presidente do Progressistas em Goiás, o ministro das Cidades, Ale­xandre Baldy, garante: o PP está coe­so e vai marchar unido na aliança que fechou com o candidato a go­vernador Daniel Vilela (PP). De acordo com Baldy, os prefeitos e vice-prefeitos da legenda seguirão o mesmo caminho. “Não tem meio termo nem corpo mole: o PP está in­tegralmente com Daniel”, assinalou.

Segundo ele, o desejo de mu­dança que se traduz no país alcan­ça também Goiás. “O estado cres­ceu e se desenvolveu, mas precisa de renovação e força para se de­senvolver ainda mais”, sublinhou, acrescentando que um grande ato será marcado para celebrar a aliança entre o PP e o MDB.

Para Baldy, o partido está uni­do em torno do projeto de Daniel e vai seguir nesta direção. “A coe­são dos progressistas com a candi­datura de Daniel Vilela está aconte­cendo livremente em todo o estado pelo fato de os prefeitos e as prefei­tas e vices-prefeitos reconhecerem que é o melhor projeto de renova­ção para Goiás, sem imposições, mas com convicção”, avalia.

Conforme o presidente, o parti­do está mobilizado para dar mus­culatura a esse novo projeto que surge, firme no propósito de tra­balhar por Goiás, servir aos goia­nos e trilhar o caminho o desen­volvimento econômico e social.

“A legenda tomou a decisão de apoiar o candidato Daniel Vile­la para o governo do Estado por acreditar que ele representa a re­novação que a sociedade tanto clama na política. Renovação com a juventude e força que a popula­ção espera para Goiás não parar com o progresso”, finalizou.

Do dm