Pesquisar no Abadia em foco

27/06/2018

Inaugurado o primeiro Centro Diabético do país

Foi inaugurado nesta quarta-feira (27), o Centro Estadual de Atenção ao Diabetes deve começar a funcionar no mês de julho. A unidade é a primeira do tipo no Brasil e será voltada ao paciente que sofre com Diabetes e ainda oferecerá atendimento preventivo e de capacitação. A solenidade ainda foi marcada por encontro histórico entre o ex-governador Marconi Perillo e o vereador Jorge Kajuru.

Centro

O Centro é uma unidade anexa ao Hospital Geral de Goiânia (HGG). O local escolhido para atender os pacientes é na esquina da Avenida Anhanguera com a Alameda das Rosas no Setor Aeroporto, em Goiânia. A expectativa é que sejam feitos entre 800 e 1 mil atendimentos por mês, sem contar com as ações de prevenção ao Diabetes.

De acordo com o governo, foram investidos pelo Estado a quantia de R$ 1,5 milhões na adaptação do espaço e o governo disponibilizará R$ 400 mil para o custeio mensal da unidade. A unidade é um projeto idealizado pelo vereador Jorge Kajuru (PRP) e estruturada para funcionar por meio de verbas disponibilizadas pelo próprio parlamentar, governo estadual, parlamentares e outros parceiros que destinaram recursos para a abertura do espaço.

O nome do local leva a mãe do vereador Jorge Kajuru, Maria José Nasser Costa, conhecida como Dona Zezé. A homenagem foi proposta pelo deputado Lincoln Tejota (PROS) e aprovada pela Assembleia Legislativa.

Encontro histórico

A inauguração teve um encontro histórico de adversários políticos. Na solenidade houve aperto de mão entre o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) e o vereador Jorge Kajuru. Os dois se encontraram no mês de maio na Câmara Municipal de Goiânia, durante CEI da Saúde Pública. Na ocasião não teve aperto de mãos.

Kajuru declarou que, antes de qualquer diferença ideológica, o mais importante é que “nós soubemos separar os nossos conflitos, as nossas diferenças ideológicas, e pensamos num projeto que é histórico e que será um legado para o resto da vida. É o primeiro Centro de Diabéticos do Brasil, e com certeza será referência para outras capitais nos copiarem”, declarou. Para o ex-governador Marconi Perillo, “esse é um dia histórico”, do qual ele participou ainda à frente do Governo do Estado, no início deste ano, ao estabelecer o contrato com o Idtech e com o HGG.

O CEAD terá com atendimento multidisciplinar, ofertando serviço de psicologia, fisioterapia, neurologia, enfermagem, serviço social, médicos e nutricionistas. Esse acompanhamento integral permitirá que complicações decorrentes do diabetes não se agravem, melhorando a qualidade de vida dos pacientes.

Fonte: diariodegoias