Pesquisar no Abadia em foco

08/05/2018

Grupom registra primeira pesquisa para governador de Goiás


O levantamento da empresa Grupom Pesquisa de Mercado foi registrado na terça, 7, e a divulgação estará autorizada a partir de domingo, 13. A empresa Unigraf ( Diário da Manhã ) foi a contratante e estampará os resultados com a disputa para governador de Goiás e Senado. A condução técnica é de Mário Rodrigues Filho (foto), diretor da Grupom.

Esta é a primeira pesquisa que a empresa realiza nas eleições 2018 e, certamente, será muito debatida nos meios políticos e junto ao eleitorado. Além do voto estimulado e espontâneo, a sondagem apresentará o potencial de voto de cada candidato a governador entre os nomes apresentados até agora.

Na pesquisa, será capturada a opinião do eleitor sobre os nove meses do governo de José Eliton Figueiredo Júnior, no cargo de governador de Goiás. Ele assumiu em sete de abril depois que Marconi Perillo renunciou ao cargo.

Senado

Nesta disputa, a pesquisa Grupom ouvirá a opinião do eleitor passados mais de 30 dias depois que Demóstenes Torres (PTB) conseguiu liberar a candidatura. Ele concorre contra Lúcia Vânia (PSB) na escolha da segunda vaga para senador na base aliada ao governador Eliton.

Metodologia da pesquisa:

Público pesquisado:eleitores no estado de Goiás. Tipo de amostra: A amostra é representativa do eleitorado do estado foi selecionada em dois estágios: 1º estágio: seleção probabilística de municípios, através do método PPP (Probabilidade Proporcional a População), tomando como base o número de eleitores de cada município; 2º estágio: seleção dos respondentes dentro dos municípios através de uma quota proporcional de gênero, Idade e Renda Familiar, de acordo com o perfil da população em estudo. As entrevistas foram pessoais, domiciliares e de fluxo. Fonte de dados: IBGE, Censo 2010 e PNAD 2015 TSE, Cadastro de Eleitores 2018 Tamanho da amostra: 861 entrevistas. Ponderação: Devido à metodologia amostral adotada as proporções quanto a sexo, idade e renda familiar da amostra são as mesmas do universo pesquisado, com base no Censo Demográfico de 2010 - IBGE e no Cadastro de Eleitores 2018 do TSE. Portanto os fatores de ponderação a serem aplicados nas variáveis sexo, idade e renda familiar assumem valor igual a 1(um). Área física de realização da pesquisa: A ser informada e fornecida conforme artigo 2º, inciso X 6º § da Instrução Nº 0604337-81.2017.6.00.0000 do Tribunal Superior Eleitoral - TSE para o pleito de 2018. Intervalo de Confiança/Margem de Erro: O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A coleta será por meio eletrônico com tablets. Checagem: Logo após a realização da coleta de dados, é feito o trabalho de checagem das entrevistas junto aos respondentes. São aproximadamente 20% dos respondentes de cada entrevistador que irão receber o contato dos checadores tanto presencial como via telefônica

Metodologia registrada na pesquisa Grupom para governador de Goiás:

Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Público pesquisado: eleitores no estado de Goiás. Tipo de amostra: A amostra é representativa do eleitorado do estado foi selecionada em dois estágios: 1º estágio: seleção probabilística de municípios, através do método PPP (Probabilidade Proporcional a População), tomando como base o número de eleitores de cada município; 2º estágio: seleção dos respondentes dentro dos municípios através de uma quota proporcional de gênero, Idade e Renda Familiar, de acordo com o perfil da população em estudo. As entrevistas foram pessoais, domiciliares e de fluxo. Fonte de dados: IBGE, Censo 2010 e PNAD 2015 TSE, Cadastro de Eleitores 2018 Tamanho da amostra: 861 entrevistas. Ponderação: Devido à metodologia amostral adotada as proporções quanto a sexo, idade e renda familiar da amostra são as mesmas do universo pesquisado, com base no Censo Demográfico de 2010 - IBGE e no Cadastro de Eleitores 2018 do TSE. Portanto os fatores de ponderação a serem aplicados nas variáveis sexo, idade e renda familiar assumem valor igual a 1(um). Área física de realização da pesquisa: A ser informada e fornecida conforme artigo 2º, inciso X 6º § da Instrução Nº 0604337-81.2017.6.00.0000 do Tribunal Superior Eleitoral - TSE para o pleito de 2018. Intervalo de Confiança/Margem de Erro: O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A coleta será por meio eletrônico com tablets. Checagem: Logo após a realização da coleta de dados, é feito o trabalho de checagem das entrevistas junto aos respondentes. São aproximadamente 20% dos respondentes de cada entrevistador que irão receber o contato dos checadores tanto presencial como via telefônica


Do Diário da Manhã Por ALTAIR TAVARESTERÇA