Pesquisar no Abadia em foco

16/04/2018

PTB lança Demóstenes a senador em Itumbiara

O PTB realizou um grande encontro partidário na manhã deste sábado (14) em Itumbiara, a 200km de Goiânia. Na ocasião, o partido lançou oficialmente a pré-candidatura do Procurador de Justiça Demóstenes Torres ao Senado Federal e confirmou o apoio da sigla à pré-candidatura do governador José Eliton para a reeleição. O evento contou com a participação de dezenas de prefeitos e importantes lideranças da base aliada que ratificaram o apoio ao nome de Demóstenes para composição da chapa majoritária. 

O auditório em que foi realizado o encontro ficou completamente lotado muito antes do início do evento. José Eliton, Demóstenes Torres, Jovair Arantes chegaram juntos, acompanhados de importantes nomes da base. O percurso da entrada da faculdade até o auditório foi lento por conta dos inúmeros pedidos de selfies para Demóstenes e Eliton. O evento que oficializou a pré-candidatura do petebista ao Senado ganhou um clima de festa com a chegada dos prováveis membros da chapa.

Demóstenes iniciou o discurso agradecendo a Deus. Logo após a frase, a voz do Procurador ficou embargada e ele pediu para a esposa, Flávia Torres, ficar ao lado dele no palco. Demóstenes em seguida agradeceu o apoio da família durante a cassação e no período em que se seguiu. O Procurador também fez questão de homenagear José Gomes, candidato que liderava as pesquisas em Itumbiara morto em um atentado em 2012. “Jovair levou José Gomes até o meu gabinete com um projeto para um vitrine de Goiás. E assim tive o prazer de ajudar a construir a Avenida Beira Rio, que se tornou um dos grandes cartões-postais do Estado”, disse.

Demóstenes então entrou na área política, fazendo um discurso de unidade da base e ressaltou a importância do grupo que criou e ajudou o chamado “Tempo Novo” a permanecer por cerca de 20 anos no poder. Demóstenes exaltou a capacidade de reciclagem política do grupo, destacando importantes obras e projetos ao longo desse período e a liderença de Marconi Perillo à frente do projeto. “Quando a Universidade Estadual de Goiás foi criada, eu tive o prazer de doar livros para compor a biblioteca”, relatou. Ao lado do governador, Demóstenes falou sobre a relação com José Eliton, que conheceu como um dos mais capacitados advogados do estado e que está pronto e com projeto para mais uma vez apontar um caminho de desenvolvimento para Goiás.

O petebista também falou sobre a cassação do seu mandato em 2012 e das inúmeras vitórias que obteve na Justiça atestando a sua inocência. “Todos sabem que foi uma armação política. Eu ganhei tudo na Justiça e fui inocentado. Enquanto isso, aqueles que armaram para mim ou estão presos ou estão respondendo processos”, disse em referência às inúmeras prisões e processos realizados pela Operação Lava-Jato, que desmantelou um gigantesco esquema de corrupção no Governo Federal, culminando com a recente prisão do ex-presidente Lula.

Demóstenes também falou sobre a alegria de poder participar mais uma vez de uma campanha ao lado da base aliada. “Eu estou do lado de pessoas que eu gosto”, afirmou o petebista, que se tornou referência como Secretário de Segurança Pública no primeiro governo de Marconi Perillo, alcançando índices de criminalidades baixíssimos, recuperando, treinando e reaparelhando as forças políciais. Demóstenes ainda destacou inúmeros projetos de importância que relatou ou apresentou no Senado, inclusive as medidas cautelares, que permitiram o funcionamento da Operação Lava-Jato nos moldes em que conhecemos. Demóstenes foi o maior relator da história do Senado, participando de forma determinante em leis como o Estatuto do Idoso e o Estatuto da Criança e do Adolescente.

O governador José Eliton destacou em discurso a importância política de Demóstenes para o país, tanto como propositor e também como liderança da oposição ao governo federal. “É a hora do resgate, da Justiça. Demóstenes estava muito próximo de ser candidato a presidente da República. Aquele processo (de cassação) foi articulado para atingir Demóstenes e Marconi”, disse o governador, que apontou a coerência do PSDB em apoiar Marconi para que ele pudesse apresentar sua defesa e comprovar a inocência. “Participei de reunião com o presidente nacional do Democratas e não acreditei que aquele partido iria abandonar um dos seus sem ao menos uma oportunidade de defesa”, contou Eliton, que também já foi filiado ao então partido de Demóstenes.

“Este é um homem que apontou um Norte para a nação brasileira. Agora Demóstenes está de volta na base para construirmos em conjunto um projeto para Goiás”, continuou o governador sob o aplauso em peso de todos os presentes.

O deputado federal Jovair Arantes falou sobre o convite para que Demóstenes passasse a integrar as fileiras do partido. “Nós recebemos o Demóstenes como um reforço. O Demóstenes veio para o partido enriquecendo a bandeira e a história do PTB em Goiás e no Brasil. Foi um homem injustiçado, perseguido pela esquerda. Demóstenes é um parceiro, é um trabalhador, é um homem de bem. Nós vamos sair daqui hoje para dizer a todo o estado que o PTB tem nome para o Senado: Demóstenes Torres. E temos nome para governador: José Eliton”, disse Jovair também sob fortes aplausos.

O anfitrião da festa, o prefeito de Itumbiara, José Antônio, também salientou a perseguição política a Demóstenes. “É um homem que sofreu um julgamento político. Esse homem não é um covarde, não se escondeu. Em Itumbiara nós somos homens e mulheres que enfrentam as adversidades de cabeça erguida. Por isso nos identificamos com Demóstenes e estamos aqui para fazer justiça também política com o nosso apoio a Demóstenes”, afirmou. O prefeito de Senador Canedo, Divino Lemes, disse que “nós temos que dar valor a quem produz, a quem da resultado para a população. Demóstenes precisa ser passado a limpo e voltar para o Senado Federal”, afirmou. O prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, disse que será um prazer somar com Demóstenes mais uma vez. “Você é muito querido no entorno do Distrito Federal”. O líder do governo na Assembleia, Francisco de Oliveira, afirmou que Demóstenes terá mais uma oportunidade de reesrever sua história “após uma absurda perseguição política porque enfrentou os grandes de Brasília”. “Conte conosco, conte com a base aliada”, concluiu.

Do Diário de Goias

Nenhum comentário:

Postar um comentário