Pesquisar no Abadia em foco

18/04/2018

Documentário conta história de índios de MT que retomaram território após 40 anos

Remoção forçada dos índios da TI Marãiwatsédé ocorreu em 1966 durante a ditadura militar. O filme ouve indígenas que sobreviveram, especialistas e antropólogos.
Documentário pode ser assistido na internet (Foto: Reprodução)
Um documentário que conta a história da remoção forçada dos Xavante da Terra Indígena Marãiwatsédé, no município de Alto Boa Vista, a 1.064 km de Cuiabá, durante a ditadura militar. Com pouco mais de 30 minutos de duração 'Marãiwatsédé: O Resgate da Terra' tem índios que sobreviveram e relembram a história vivida.

O filme uma parceira do Ministério Público Federal e da Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais (6CCR).

A remoção forçada ocorreu em 1966 após a associação entre órgãos do governo federal e fazendeira durante a ditadura militar. À época, 1/3 da população morreu como resultado da remoção.

Durante as filmagens, foram ouvidos índios, membros do MPF, especialistas e antropológos.

O filme registra depoimentos emocionantes de quem presenciou as mortes, a violência e o desrespeito à cultura e às tradições do povo Xavante.

“Eu vi minha família, minha mulher, meus irmãos, todos doentes. Morreram. A família toda morreu, acabou. O único sobrevivente sou eu”, lembra com emoção Dutra Tserepalhipti, um dos indígenas ouvidos pelo documentário.

Os Xavante só conseguiram a posse definitiva de sua terra tradicional em 2014, depois de muita disputa com fazendeiros e posseiros e uma longa batalha judicial.

O documentário está disponibilizado no canal do Youtube do MPF.

Por G1 MT