Pesquisar no Abadia em foco

16/03/2018

Hospital de Jaraguá amplia oferta de consultas de especialidades

O Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (Heja) ampliou a oferta de consultas no Ambulatório de Especialidades. Os atendimentos já estão ocorrendo desde às 7h da manhã e, ainda nesta semana, a previsão é que ao menos 150 usuários façam consultas em ortopedia, clínica médica e pediatria.

A partir da próxima segunda-feira, dia 19, serão ofertadas ainda consultas em cirurgia geral e cardiologia. Atualmente existem quatro consultórios destinados para esses atendimentos – que vão ocorrer de acordo com a escala semanal de especialidades.

Alguns atendimentos de algumas especialidades ainda não haviam sido implantadas devido ao processo de reestruturação que o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) promoveu na Unidade desde que a Organização Social assumiu a gestão, em novembro de 2017. Esse trabalho contemplou desde o redesenho de fluxos de atendimento e estabelecimento de protocolos, até intervenções na estrutura para que o ambulatório atendesse às necessidades para atendimento ao público.

A expectativa do IBGH é ofertar cerca de 3.150 consultas em especialidades por mês. Segundo explica o diretor técnico do Heja, Hélio Cândido Ribeiro Júnior, a novidade supre a demanda de Jaraguá. “Com essas consultas haverá uma redução significativa na lista de espera do município. O nosso objetivo é acabar com ela totalmente”, disse.

Como consultar

Para ser atendido no Ambulatório de Especialidades, o paciente deve ser direcionado através do processo conhecido como regulação, que é o processo responsável por reduzir o tempo de espera pelo atendimento, garantindo rapidez para aqueles que necessitam de prioridade, em razão de seu quadro de saúde.

Atualmente, a regulação é realizada em conjunto pela Prefeitura de Jaraguá e pelo próprio IBGH. No momento em que o IBGH divulgou a reabertura do Ambulatório de Especialidades, o hospital buscou junto à prefeitura a lista de espera do município e está ligando para os pacientes marcando as consultas.

Porém, para aqueles que não estão na lista de espera, é obrigatório antes ser atendido por uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Vale ressaltar que a regulação voltará a ser realizada pelo Complexo Regulador Estadual (CRE) no dia 1 de abril. A partir de então, as consultas deixarão de ser reguladas pelo município de Jaraguá e passarão para a responsabilidade do Estado de Goiás; conforme o que determina o contrato de gestão.

Próximas ações

O IBGH já realizou a instalação dos equipamentos de ar-condicionado; promoveu mudanças nos processos de informatização e de gestão; alterou o fluxo de pacientes para otimizar as rotinas do hospital; contratou vigilância armada e equipamento eletrônico para garantir segurança a toda à comunidade hospitalar e contratou equipe de limpeza com profissionais experientes e qualificados.

Agora, enfrenta o desafio de finalizar a construção do Centro Cirúrgico sem que se interrompa os atendimentos ou se altere a rotina no hospital. Vai ainda promover uma reforma completa na fachada, com renovação da pintura interna e externa e garantir novos equipamentos para a sala de estabilização.

Sobre o Heja

O Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (Heja) foi fundado em 1990 e hoje está classificado como Hospital Geral de Pronto Atendimento de média complexidade. Atualmente, a unidade está operando com 28 leitos, sendo 18 de internação, oito leitos de observação no Pronto Socorro, e dois na Sala de Reanimação.

O perfil de atendimentos no Pronto Socorro é de usuários com traumas relacionados a acidentes veiculares na BR-153, picadas de animais peçonhentos, AVC, entre outros. Em 20 de novembro de 2017, o hospital foi transferido da responsabilidade do município de Jaraguá para o Estado de Goiás quando passou a ser administrado pelo IBGHo, após chamamento público promovido pela SES (001/2017).
Do Goias Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário