Pesquisar no Abadia em foco

13/03/2018

Acidente que matou família e deixou vice-prefeito ferido em GO ocorreu após carro invadir a pista contrária, diz polícia

Casal e filha de 4 anos estavam no veículo que entrou na contramão e bateu contra caminhonete, em que um passageiro também morreu. Político está internado.

Acidente deixa 4 mortos na BR-070, em Cocalzinho de Goiás

O acidente que matou quatro pessoas, incluindo uma menina de 4 anos, e deixou dois feridos ocorreu após um carro invadir a pista contrária da BR-070, em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ocupado por um casal e a criança, o automóvel bateu de frente contra a caminhonete em que viajava o vice-prefeito da cidade, Alair Rabelo Neto (PSD), conhecido como Nenzão, e dois familiares. Um deles também morreu.

O acidente ocorreu por volta das 13h de sábado (11), no km 57 da rodovia. De acordo com a PRF, o Peugeot entrou na contramão e, ao se deparar com a Toyota Hilux, jogou para o acostamento na tentativa de evitar a colisão. No entanto, o motorista da caminhonete fez o mesmo e os dois bateram de frente.
Família morre em acidente de trânsito na BR-070, em Cocalzinho de Goiás (Foto: Facebook/Reprodução)
No Peugeot estavam José Augusto de Moraes, de 26 anos, a mulher dele, Fernanda Sena de Medeiros, de 25, e a filha do casal, Maria Júlia, de 4 anos. Os três morreram no local.

Já na Hilux havia três ocupantes. Bruno Abreu, que é namorado de uma filha de Nenzão, morreu no local. Já o vice-prefeito e o filho, Yago Azevedo, foram socorridos e levados ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana).

A unidade de saúde informou nesta segunda-feira (12) que o quadro de Alair é estável. Já o filho dele recebeu alta nesta manhã.
Vice-prefeito de Cocalzinho de Goiás, Alair Neto, e o filho dele, Yago Azevedo, ficaram feridos em acidente (Foto: Facebook/Reprodução)

Comoção

O casal e a filha tinham saído de Brasília em Direção a Jaraguá, no norte de Goiás. Como ambos estudaram na Universidade de Brasília, os centros acadêmicos de enfermagem e farmácia emitiram notas de pesar pela morte dos ex-colegas de curso.

"A vida é frágil, e todos os dias vemos com mais clareza e com mais certeza essa verdade. Com tristeza, pedimos orações e boas energias, já que não será fácil lidar com a juventude de 3 pessoas perdidas", disse o diretório de farmácia.

"Fernanda era uma grande estudante, mãe, esposa e amiga, que com muito esforço e determinação alcançou a sua tão sonhada graduação, deixando sua marca na vida de todos que a conheceram e puderam ter o prazer de conviver com essa pessoa maravilhosa", lamentaram os alunos de enfermagem.

Por Paula Resende, G1 GO