Pesquisar no Abadia em foco

05/02/2018

Marconi é eleito Político do Ano pelo Clube de Repórteres Políticos

Quatro vezes eleito governador de Goiás pelo voto direto, sem contar as eleições para deputado estadual, federal e senador, o governador Marconi Perillo tem sido alvo de constantes manifestações de carinho e apreço dos goianos e de inúmeras homenagens institucionais, fruto do trabalho a favor de Goiás e da liderança que ele exerce hoje no plano federal.

Marconi acaba de ser eleito pelo Clube dos Repórteres Políticos de Goiás “O Político do Ano”. Nos 39 anos de existência do Clube de Repórteres Políticos, o governador é o político com maior número de títulos. Já foi escolhido em três vezes Deputado do Ano, quatro como Congressista do Ano e seis vezes Político Ano, em todas por votação dos jornalistas políticos que atuam no Estado.

Mas as demonstrações de apreço ao trabalho que desempenha o governador não param por aí. No dia 29 de janeiro deste ano, ele recebeu a quarta homenagem de servidores públicos estaduais em uma semana, em agradecimento pela valorização das carreiras. Mais de cem advogados autárquicos o homenagearam, em evento no Palácio das Esmeraldas. Eles agradeceram pela criação e consolidação da carreira, e pelo encaminhamento à Assembleia Legislativa, em 2014, do projeto que promove os advogados autárquicos a procuradores autárquicos.

O presidente da Associação Goiana dos Advogados Públicos Autárquicos (Agapa), Heber Augusto, afirmou que a homenagem era também um momento de recordação da trajetória que os advogados autárquicos passaram a vivenciar a partir das gestões de Marconi. “Um marco da boa trajetória que iniciamos através da sua ousadia, espírito inovador e corajoso”, afirmou. Marconi foi homenageado com a comenda da Ordem do Mérito da Advocacia Pública.

Na mesma semana, foi homenageado por gerentes meritocráticos, gestores governamentais e médicos da Secretaria Estadual de Saúde. Da homenagem participaram o reitor da UEG, Haroldo Reimer; o comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, coronel Divino Alves; os deputados Francisco Oliveira e Lêda Borges; e os secretários de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita; e de Habitação, João Gomes.

A liderança exercida por Marconi expandiu-se em nível nacional, devido às teses que tem defendido: recursos para a Segurança Pública, solução para o déficit da Previdência, prestação de serviços públicos de qualidade, dentre outras. No dia 8 de abril do ano passado, em São Paulo, ele foi agraciado com a medalha do mérito Solidarista pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS), e foi tratado por seu colega paulista, Geraldo Alckmin, como “meu professor” e “grande líder do Brasil Central”, numa alusão ao inquestionável bom trabalho que ele realiza por quatro mandatos à frente do Governo de Goiás.

Na oportunidade, Alckmin chegou a dizer que a história de Goiás deve ser dividida em um período anterior e em outro depois de Marconi como governador. O presidente do PHS, Eduardo Machado, disse que hoje no Brasil todo mundo reconhece o trabalho feito por Marconi e, pela afinidade e pelo trabalho de transformar Goiás, o PHS fez essa homenagem a ele.

Em 19 de abril do ano passado, a Câmara Municipal de Tiradentes (MG), Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e um dos mais respeitados centros históricos de Arte Barroca do Brasil, concedeu ao governador goiano o título de cidadão tiradentino, a mais nobre comenda local e uma das mais importantes do Estado de Minas Gerais. A homenagem ocorreu na Sala de Convenções do “Santíssimo Risort” na presença de aproximadamente 300 pessoas. O título, aprovado pela unanimidade dos nove vereadores, cinco deles de partidos não alinhados ao PSDB, foi proposto pela mesa diretora da Câmara Municipal por sugestão do prefeito.

Ainda em abril de 2017, Marconi recebeu homenagem do Ministério Público de Goiás. Ele recebeu a Medalha do Mérito do Ministério Público, entregue a pessoas que se engajaram na defesa do MP e prestaram serviços à instituição. O ex-senador senador Demóstenes Torres, o ex-presidente da Assembleia, Jardel Sebba, e o deputado Hélio de Sousa também foram agraciados com a medalha. O procurador geral de Justiça, Benedito Torres Neto, foi quem entregou as medalhas. Em discurso, ele agradeceu a Marconi por sempre defender as causas do MP. “Sempre esteve ao nosso lado. É de notável trajetória política e espírito republicano”, disse.

Em 23 de junho de 2017, ele recebeu a Medalha do Mérito Acadêmico, honraria instituída pela Associação Brasileira de Saúde das Polícias e Bombeiros Militares (ABSPMBM). A condecoração foi feita durante solenidade de abertura de três congressos que são realizados simultaneamente na sede do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás – Cremego: XXI Congresso da Associação Brasileira de Saúde das Polícias Militares e Bombeiros Militares, XIV Congresso da Academia Nacional de Saúde das Polícias Militares e Bombeiros Militares do Brasil e IV Encontro de Saúde Mental.

Coronel Bombeiro Militar do Rio de Janeiro, Rômulo Capello Teixeira agradeceu o apoio dado pelo Governo de Goiás para realização dos congressos. “Governador, fazer um evento desse, nesse momento, para todos nós, militares da área da Saúde, realmente é um exemplo para ser seguido por todos os nossos governadores do nosso País”, afirmou Teixeira, que é presidente da Associação Brasileira de Saúde das Polícias e Bombeiros Militares.

A liderança de Marconi ultrapassou a fronteira de Goiás e do Brasil. No dia 11 de setembro de 2017, durante missão comercial ao Cone Sul, a ele foi outorgado o título de Hóspede de Honra da Cidade de Buenos Aires. A homenagem é equivalente ao título de cidadania da cidade de Buenos Aires. Em 2012, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi homenageado com esse mesmo título.

Em Bruxelas, no dia 23 de outubro de 2015, recebeu a Comenda da Ordem da Coroa da Bélgica, um dos principais títulos concedidos pelo rei Philippe Leopoldo Luís Maria a estrangeiros e belgas pelos serviços prestados àquele país europeu. A homenagem foi entregue pelo secretário de Estado de Comércio Exterior da Bélgica, Pieter De Crem, um dos homens públicos mais influentes do país.

A Comenda foi criada em 15 de outubro de 1897 pelo Rei Leopoldo 2.º, que era governante do Estado Livre do Congo. Foi concebida originalmente para homenagear os feitos heroicos e o serviço exemplar de cidadãos e servidores no Estado Livre do Congo. Em 1908, a Comenda foi incorporada ao conjunto de condecorações belgas. Atualmente, a Ordem da Coroa é concedida aos cidadãos que prestam relevantes serviços ao Estado belga, especialmente àqueles que promovem a vida e os direitos das pessoas. Em Goiás, o bispo da Diocese de Goiás, o belga Dom Eugênio Rixen, já foi agraciado com a comenda.

“O governador Marconi está sendo agraciado com a comenda pelo incentivo que vem dado às relações comerciais entre Goiás e Bélgica”, revelou o embaixador da Bélgica no Brasil, Jozef Smets, durante visita ao governador, em setembro daquele ano, em Goiânia. “Goiás é um dos Estados brasileiros que queremos expandir nossas relações. Acreditamos que nossos negócios têm um ambiente de segurança jurídica”, disse Smets, após reunião no Palácio das Esmeraldas.

Voltando ao plano nacional, a Agência Goiana de Habitação – Agehab – recebeu o prêmio Lúcio Costa de Mobilidade, Saneamento e Habitação 2015. O governador Marconi Perillo, ao lado da senadora Lúcia Vânia, do ex-presidente da Agehab e atual deputado federal Marcos Abrão, o atual presidente, Luiz Stival, vários parlamentares goianos, prefeitos e secretários, recebeu a premiação e a homenagem, feita também ao governo do Estado de São Paulo, à Prefeitura do Rio de Janeiro, ao Grupo Globo, à Rio Card e ao arquiteto e ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner.

Reconhecido como uma liderança com grande capacidade de diálogo e aglutinação, o governador Marconi Perillo ganhou ainda mais visibilidade por atuar pela pacificação interna do PSDB, um dos principais partidos do Brasil.

Com projeção nacional, ele insere Goiás nas decisões nacionais. No plano regional, a inserção de Marconi no debate político nacional reforçou sensivelmente a participação de Goiás nos grandes debates nacionais. Mais do que fortalecer o governador, a participação dele nessas articulações inseriu o Estado no centro das decisões nacionais, abrindo caminho para participação mais ampla na divisão e atração de investimentos públicos e privados para o território goiano e aumentando o poder de influência e propagação de teses administrativas, como é o caso das propostas dele para a Segurança Pública.

Em sua trajetória no ano passado, foi o protagonista, em Brasília, das discussões sobre a criação de um fundo com recursos federais para a implantação de políticas e programas de controle da fronteira territorial. Também atuou decisivamente na convalidação dos incentivos fiscais, medida que ajudou os estados a enfrentarem a crise econômica nacional.

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás