Pesquisar no Abadia em foco

18/11/2017

Hospital de Jaraguá é agora unidade estadual e dobrará atendimentos

O Hospital Estadual Dr. Sandino Amorim (Heja) em Jaraguá, construído pelo Estado de Goiás e inaugurado em 1990, será administrado a partir do dia 20 deste mês pela Organização Social Instituto Brasileiro de Gestão e Hospitalar (IBGH) – a mesma que administra o Hospital Ernestina Lopes Jaime de Pirenópolis.

O Heja pertencia ao município de Jaraguá (até 2015) quando em resolução nº 081/2015, aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), foi transferido para a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). Posteriormente, por meio do chamamento público promovido pela SES de número 001/2017, o IBGH foi escolhido para gerenciar a unidade.

Na próxima segunda-feira, dia 20, às 10h30 o vice-governador do Estado de Goiás, José Eliton e o secretário de Estado da Saúde de Goiás, Leonardo Vilela, fazem uma visita ao Heja.

Em seguida, as autoridades vão se dirigir à Casa de Eventos Arruda, na Rua Nicanor Ferreira Rios, número 2, onde serão feitos os pronunciamentos na solenidade de transferência de gestão. “A partir de agora, concluída toda a formalização da transferência do hospital do município para o Estado de Goiás e da Secretaria de Saúde para a organização social que vai administrá-lo, a população do Vale do São Patrício contará com uma estrutura que será totalmente modernizada, e funcionará nos padrões do Complexo Estadual de Serviços de Saúde”, afirma o vice-governador José Eliton.

A unidade que possui, atualmente, 52 leitos (40 de internação e mais 12 complementares), já tem metas de contrato a serem seguidas como o quantitativo de 2.184 saídas hospitalares para o primeiro ano e, a partir do segundo ano, 2.496. As consultas médicas ambulatoriais serão de 33.075 no primeiro ano e 37.800 no segundo. Ficam estabelecidos os atendimentos em pronto-socorro de 30.450 para o primeiro ano e 34.800 a partir do segundo ano.

49 milhões de reais serão investidos nos próximos três anos

Os serviços obedecerão às políticas nacionais e estaduais de referência de média complexidade. Estas normas são definidas pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás. “Esperamos, com a nova gestão, potencializar a execução dos serviços de Saúde, com maior qualidade e assistência humanizada no interior do estado, e para isso, o governo estadual vai investir, por meio da SES, 49 milhões de reais no hospital nos próximos três anos”, diz o secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela.

Para o gestor da pasta, a modalidade de gestão por Organizações Sociais tem mostrado a eficiência e efetividade no atendimento ao cidadão, sempre obedecendo como primazia, os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). “Nosso objetivo com essa diretiva é atender às políticas públicas definidas para a regionalização da Saúde e as necessidades dos serviços de atenção, com oferta de consultas de especialidades médicas e serviço de diagnóstico”, conclui ele.

A população beneficiada com o Heja abrange a totalidade dos municípios da região de São Patrício II (Itaguaru, Goianésia, Santa Rita do Novo Destino, Barro Alto, Vila Propício, Mimoso de Goiás e Padre Bernardo), com população estimada em 170. 829 habitantes.

A assistência à saúde, prestada em regime de hospitalização, compreenderá o conjunto de atendimentos oferecidos ao usuário desde sua admissão no hospital até a alta hospitalar, pela patologia atendida, incluindo-se todos os atendimentos e procedimentos necessários para obter ou completar o diagnóstico e as terapêuticas necessárias para o cuidado do paciente.

Nova Gestão


A partir da transferência da gestão da SES-GO para o IBGH a organização social ficará responsável por promover todas as adequações necessárias para a completa qualificação do prédio e do serviço oferecido como reformas, reestruturações, aquisição de mobiliário, insumos, equipamentos médicos e contratação de pessoal. O valor mensal do contrato será de, aproximadamente, R$ 1, 3 milhão por mês.

Ficha Técnica Hospital Sandino Amorim de Jaraguá

Leitos:
-Clínica Médica: 10 leitos
-Clínica Cirúrgica 10 leitos
-Clínica obstétrica: 12 leitos
-Clínica pediátrica: 8 leitos
-Total de Leitos de Internação: 40 leitos

-Leitos Complementares 12 (10 de Observação e 2 de isolamento)

-Total de Leitos do Hospital: 52

Exames Disponíveis:

- Exames Laboratoriais
- Exames de Raios – X
- Exames de Eletrocardiograma

- Exames de Ultrassonografia

Especialidades Médicas

-Clínica Médica

-Clínica Pediátrica

-Clínica Cirúrgica

- Clínica Ortopédica

- Clínica Ginecológica/Obstétrica

Localização:

O Hospital está localizado à Rua Diony Gomes Pereira da Silva, Qd 22, lt 03, Jardim Aeroporto, na cidade de Jaraguá, a 121 km da Capital.

Comunicação Setorial da SES.