Pesquisar no Abadia em foco

24/10/2017

Leilão à vista: Expectativa de lucro para quem comprar fazendas da massa falida da Boi Gordo, em MT

Foto: Danilo Bezerra / Olhar Direto
Depois de mais de uma década de expectativa, 13 fazendas da massa falida Boi Gordo, em Comodoro – 677 quilômetros a oeste de Cuiabá, vão a leilão, em 9 de novembro. As fazendas pertenciam à empresa que decretou falência em 2004 e estão sendo vendidas, por determinação judicial, para o ressarcimento das vítimas da pirâmide financeira. Com os leilões, os mais de 32 mil credores da empresa devem reaver ao menos parte do dinheiro investido. Uma das fazendas que vai a leilão tem 8,5 mil hectares, com 42% da área cultivada com soja e milho safrinha, nos últimos anos. A fazenda possui barracão, armazém, galpão para máquinas, secadores e silo, sede, casa para funcionários, escritório e pista de pouso. É quem arrematar deve fazer um autêntico ‘negócio da China’, pois o imóvel estaria sendo leiloado por um valor 20% menor que o avaliado. Os dados sobre as fazendas estão disponíveis no site da Lut Leilões. A empresa Fazendas Reunidas Boi Gordo foi criada em 1988 e iniciou em 1996 o processo de abertura de investimentos em animais. Era um sonho para investidores que receberiam, após 18 meses, o lucro da venda do boi engordado com promessas de até 42% de rendimento via certificados de investimentos. Com uma despesa a pagar maior que a receita, a Boi Gordo faliu em 2004.

Nenhum comentário:

Postar um comentário