Pesquisar no Abadia em foco

07/10/2017

Diagnóstico da Região Metropolitana de Goiânia será apresentado aos vereadores

A Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), realiza nesta segunda-feira, dia 2, às 14 horas, na Câmara de Goiânia (Avenida Goiás, número 2.001, Centro) uma Reunião Técnica em conjunto com a Universidade Federal de Goiás (UFG) para apresentar o Diagnóstico do Plano Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Goiânia (PDI-RMG) aos vereadores.

O plano é coordenado pela Secima e Universidade Federal de Goiás (UFG). Para o secretário da Secima, Vilmar Rocha o plano proporcionará qualidade de vida para o cidadão metropolitano de forma compartilhada e equilibrada, e esse compartilhamento de ideias entre gestores públicos e sociedade na elaboração do Plano Integrado da RMG vai dar mais eficiência aos interesses públicos comuns.

A fase do diagnóstico é a síntese da coleta de informações e das oficinas realizadas nos 20 municípios que compõem a RMG. Técnicos ouviram as demandas de cada um dos municípios destacando as potencialidades, fragilidades, perspectivas e oportunidades que poderão alavancar a economia local de cada um adaptando a legislação estadual ao novo Estatuto da Metrópole, Lei 13.089, de 12 de janeiro de 2015, que busca solucionar os gargalos existentes, além de proporcionar maior autonomia na implementação das funções públicas de interesse comum aos municípios da RMG.

A próxima etapa do Diagnóstico é o Seminário Metropolitano/Audiência Pública do PDR-RMG no dia 18 de outubro, na Assembleia Legislativa de Goiás que será aberta ao público em geral. As sugestões ao plano e inscrições nos sites: www.secima.go.gov.br e www.pdi-rmg.secima.go.gov.br e www.facebook.com/pdirm.

A próxima fase é a do prognóstico, seguida pela elaboração do plano, que dará origem a um documento a ser analisado, pelo Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia (Codemetro), e encaminhado para apreciação na Assembleia Legislativa de Goiás.

A Região Metropolitana de Goiânia foi criada pela Lei Complementar nº 27 de 30/12/1999, e é composta por 20 municípios: Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela vista de Goiânia, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Caturaí, Goianápolis, Goiânia, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Nerópolis, Nova Veneza, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás, Trindade.

Do Goias Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário