Pesquisar no Abadia em foco

30/09/2017

Mais de mil aves são resgatadas de comercialização ilegal

A Polícia Militar Ambiental de Goianésia apreendeu 1.061 aves silvestres sendo transportados de forma clandestina na GO-080, na saída para Jaraguá. As aves que saíram do Pará seriam comercializadas em Minas Gerais.

De acordo com informações do Folha de Jaraguá, durante uma fiscalização de rotina, os militares abordaram um veículo Ford Ka com placas de Belo Horizonte. No veículo, que era ocupado por Paulo de Sousa Calmon e Rodrigo de Barros Calmon foram localizados 1.030 pássaros da espécie “Curió” e 31 da espécie “Papagaio”.

A dupla foi levada para a Delegacia de Polícia de Goianésia juntamente com as aves apreendidas onde foi realizado o flagrante pelos artigos 29 (Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida) e 32 (Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos) da Lei 9.605.

Já as aves foram conduzidas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres - CETAS - de Goiânia.

Fonte: Diario de Goias