Pesquisar no Abadia em foco

25/06/2017

“História de Goiás se confunde com história de Marconi”, diz Fábio Sousa

Ao participar da agenda administrativa do governador no município, deputado federal afirma que Marconi "modernizou Goiás"
(Foto: Divulgação)
Ao participar neste sábado das atividades da Caravana do Goiás na Frente em Pirenópolis, o deputado federal Fábio Sousa afirmou que as gestões do governador Marconi Perillo transformaram o Estado em uma economia moderna e evoluída. “Goiás, antes de Marconi, era um Estado periférico. Hoje, Goiás é um Estado moderno, evoluído”, disse.

Fábio Sousa relatou conversa que teve com um colega de Congresso, do Pará, que perguntou ao parlamentar goiano como era a força do governador Marconi em Goiás. “Eu falei a ele: ‘A história de Goiás se confunde com a história de Marconi’. Existe um Goiás antes de Marconi e outro Estado depois das gestões do governador”, relatou o deputado federal.

Maconi esteve em Pirenópolis para entregar as primeiras 149 casas do Residencial Luciano Peixoto, anunciar a construção de outras 260 e assinar convênio para o repasse de R$ 5 milhões do programa para a prefeitura. O residencial é o primeiro do Brasil completamente abastecido com energia fotovoltaica, integrante do Programa Goiás Solar. “O Residencial Goiás Solar é um sonho que se torna realidade. É o primeiro do Brasil totalmente abastecido com energia solar. Portanto, é um avanço para o meio ambiente, ecologicamente sustentável”, disse o governador.

“Vendo a necessidade das familhas de saírem do aluguel, resolvi antecipar a entrega do Residencial. As casa já estão prontas, e nós vamos licitar, nos próximos dias, a pavimentação asfáltica, para que possamos entregar mais esse benefício até setembro”, disse Marconi.

“Nós já construímos muitas casas e, agora, com a Caixa, nós vamos construir mais 30 mil casas, dependendo, apenas, da viabilização dos terrenos por parte das prefeituras. O investimento do Tesouro Estadual no conjunto, via Goiás na Frente, é de aproximadamente R$ 4 milhões. Outras casas com energia solar estão sendo edificadas pelo governo em Alto Paraíso, Caçu e Palmeiras de Goiás, totalizando 1,2 mil moradias.

O prefeito do Pirenópolis, João do Léo (DEM), agradeceu ao governador Marconi Perillo, “que está investindo, por meio do Goiás na Frente, R$ 5 milhões em Pirenópolis, por termos mais de 60% das estradas vicinais pavimentadas e por garantir a construção de mais 240 casas populares em nosso município”.

O Programa Goiás Solar inaugura em Pirenópolis o primeiro conjunto habitacional do país com o aval da Aneel. “Os técnicos estão aqui para avaliar a eficácia do sistema. Esse sistema é inovador e serve de modelo para o restante do Brasil”, destacou o titular da Secima, Vilmar Rocha. Sobre o sistema de energia fotovoltaica o deputado federal Marcos Abrão Roriz (PPS) pontuou que “as placas de captação de energia solar, instaladas nos telhados das casas, vão transformar a energia solar em créditos para a conta de energia elétrica, que pode chegar a custo zero”.