Pesquisar no Abadia em foco

12/06/2017

Comunidade Quilombola de Abadia de Goiás São Certificados com certidão de reconhecimento que da direitos e amparos legais aos quilombos


O Governo de Goiás via Secretaria Cidadã, e Fundação Palmares, realizaram nesta segunda-feira, dia 12 a entrega da Certificação de Comunidades Quilombolas, que se trata do reconhecimento do povo negro dessas comunidades como efetivamente de quilombo. A cerimônia contou com as presenças do vice-governador José Eliton, do Presidente da Fundação Palmares, Erivaldo Oliveira, do prefeito Romes Gomes e primeira dama Silmara de Abreu de Abadia de Goiás e da secretária Cidadã, Lêda Borges. O evento foi às 12 horas, na Sala Dona Gercina Borges, do Palácio das Esmeraldas, em Goiânia.

Comunidades Quilombolas do Recanto dos Dourados de Abadia de Goiás receberam certidão de reconhecimento que dá direitos e amparos legais aos quilombos.
Com a emissão das Certidões de Auto-definição de Comunidade Remanescente de Quilombo, a comunidade passa a ter direitos e amparos legais, estabelecidos pelos artigos 215 e 216 da Constituição Federal, que preveem defesa e valorização do patrimônio cultural brasileiro e obrigação do poder público em promovê-los e protegê-los.

Na solenidade, foi entregues as certificações de reconhecimento para os líderes de 12 comunidades quilombolas, sendo elas: São Domingos (do município de Cavalcante), Capela (Cavalcante), Vazante (Divinópolis de Goiás), Água Limpa (Faina), Valdemar de Oliveira (Goianésia), Rafael Machado (Niquelândia), Castelo, Retiro e Três Rios (Simolândia), Goianinha (Palmeiras de Goiás), e Recantos Dourados (Abadia de Goiás).


“A Secretaria Cidadã é uma intermediadora dos trabalhos voltados para as comunidades tradicionais”. É com grande satisfação que realizamos ações de valorização e de reconhecimento dessas comunidades, para a aplicação de políticas públicas efetivas. Essa iniciativa é um apoio importante para a garantia do direito de ter onde morar, de dar abrigo à família e o direito à qualidade de vida para o povo quilombola, que faz parte da história e formação sociocultural da sociedade brasileira”, diz a titular da Secretaria Cidadã, Lêda Borges.

Elizangela Barretos, mas conhecida como Eli, presidente da Associação Quilombola de Abadia de Goiás, Agradece a toda a comunidade do Quilombo do Recanto dos Dourados e a todas as amigas, amigos, companheiras e companheiros de luta pelo melhoramento da vida dos quilombos com a certeza que vão conseguir realizar seus objetivos que é a valorização do povo quilombo do município. E afirma ainda Seguirão juntos, firmes, na defesa de uma sociedade realmente justa e democrática, livre de exploração e preconceito!






“Quero aqui deixar meu agradecimento a amiga e companheira dos quilombos Selzy Alves Quinta, Muito obrigado pela força e carinho que sempre nos deu”.